Gafe absurda em cena de "Segundo Sol" faz a alegria da internet

Gafe absurda em cena de

Ambientada na Bahia, Segundo Sol, nova novela da Globo, foi duramente criticada antes mesmo de sua estreia, nesta segunda-feira (14/5). É que a Globo modificou a música e introduziu trechos cantados pelo grupo musical BaianaSystem. 'Tem que': é feminista, tem que ter negro, tem que ter não sei o quê. Não. "A abertura de Avenida Brasil era uma festa, a abertura de Segundo Sol é uma festa".

Com paisagens famosas de Salvador, a abertura conta com o hit de Cássia Eller em uma versão gravada pelo BaianaSystem. Beto encontra Edilei na casa de Luzia. Em uma das tentativas, aceita fazer um show em Aracaju, mas por sorte acaba perdendo o voo.

More news: Correios abrem inscrições para 4.983 vagas do programa Jovem Aprendiz

Beto Falcão precisou se refugiar depois de ser dado como morto. Entra Karola (Deborah Secco) e o irmão interesseiro Remy (Vladimir Brichta), deixando claro que ele deve se manter 'morto' para o sucesso não voltar a ser passageiro. Assim terão tempo para ganhar dinheiro com a situação e recuperar a casa da família. É então que, com a ajuda de Laureta (Adriana Esteves), elas vão tecer um plano diabólico para tirar o bebê da amada de Falcão.

Na cena em que Beto, agora sob o nome de Miguel, vai pescar na companhia de Fabiano, o filho de Luzia (Giovanna Antonelli), a imagem de um homem deitado no barco vazou e não passou batida para os telespectadores mais atentos. Sendo assim, Beto deixa a cidade e se refugia na ilha de Boiporã, onde assume nova identidade e vive um intenso amor com Luzia.

Related Articles