Embaixada dos EUA em Jerusalém inaugurada hoje com mensagem de Trump

Embaixada dos EUA em Jerusalém inaugurada hoje com mensagem de Trump

O presidente americano, Donald Trump, que anunciou a transferência da embaixada no ano passado, não estará presente na inauguração da embaixada americana em Jerusalém. Veja abaixo as respostas a três perguntas chave sobre a polêmica.

A questão de Jerusalém é uma das mais complicadas e delicadas do conflito israelo-palestiniano, um dos mais antigos do mundo.

Israel capturou assumiu o controle sobre a cidade inteira em 1967, após a Guerra dos Seis Dias. Para quase toda a comunidade internacional, e inclusive para as Nações Unidas, a capital israelense é Tel-Aviv.

Milhares de palestinianos estão reunidos, nesta segunda-feira, em vários pontos da fronteira e pequenos grupos tentaram aproximar-se das barreiras de segurança que estão fortemente vigiadas pelo exército.

Desde o anúncio de Trump, que foi condenada em uma resolução da ONU (128 países votaram a favor, 9 contra e 35 se abstiveram), 10 países disseram estar planejando fazer o mesmo, entre eles Guatemala, Romênia e República Tcheca.

As autoridades de saúde disseram que 900 palestinos ficaram feridos, cerca de 450 deles por balas reais.

Como estão reagindo israelenses e palestinos?

More news: Ataque promovido por Israel deixa pelo menos 23 mortos na Síria

Na mensagem que começou a ser divulgada no domingo, Ayman al-Zawahiri diz que o Presidente norte-americano "foi claro e explícito e mostrou o verdadeiro rosto da cruzada moderna".

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, assegurou ao presidente palestino, Mahmud Abbas, em recente visita oficial, que seu país deixa sua embaixada em Tel-Aviv, segundo veículos palestinos.

Pelo menos 16 palestinos morreram e cerca de 500 ficaram feridos durante confrontos na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel nesta segunda-feira, 14.

O timing da mudança de Embaixada também causou preocupação por causa da tensão, nas últimas semanas, na fronteira entre Gaza e Israel. A data de inauguração da embaixada foi escolhida para coincidir com essa data histórica.

A nova embaixada será instalada no bairro de Arnona, em Jerusalém Ocidental, em um prédio construído em 2010, dentro da seção de vistos do consulado-geral dos EUA.

Mas ele mandou, como seus representantes, a filha e o genro, que são assessores especiais da Casa Branca, além do secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e o sub-secretário de Estado, John Sullivan.

Related Articles