Vendas no varejo do Brasil avançam 0,3 % em março, diz IBGE

Vendas no varejo do Brasil avançam 0,3 % em março, diz IBGE

Com isso, o varejo acumulou altas de 3,8% no ano e de 3,7% nos últimos 12 meses, mantendo a recuperação em curso desde outubro de 2016.

Segundo o IBGE, a variação positiva no volume de vendas do comércio varejista na passagem de fevereiro para março de 2018, série ajustada sazonalmente, foi acompanhada por cinco das oito atividades investigadas.

Com isso, o varejo terminou o primeiro trimestre de 2018 com aumento de 0,7 % nas vendas sobre o quarto trimestre de 2017, quando houve estabilidade. O resultado veio depois da queda de 0,2% de janeiro para fevereiro, segundo o dado da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) que foi divulgado nesta sexta-feira (11), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O maior avanço foi observado em combustíveis e lubrificantes (1,4%), após sequência de quatro meses registrando queda, período que acumulou perda de 4%. Ainda com avanço nas vendas frente a fevereiro, encontram-se: artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos; de tecidos, vestuário e calçados e outros artigos de uso pessoal.

Tiveram queda os segmentos de supermercados, alimentos e bebidas (-1,1%), livros, jornais e papelaria (-1,2%) e equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (-5%).

More news: Inflação no Brasil sobe em abril 0,22% com relação a Março

As vendas do comércio varejista subiram 0,3% em março ante o mês anterior, após recuar 0,2% em fevereiro.

Na comparação anual, houve alta de 6,5% nas vendas, melhor resultado desde abril de 2014 (6,7%), mas impulsionado pelo fato de este ano a Páscoa ter caído em março, e não em abril como em 2017.

O varejo ampliado, que inclui veículos e material de construção, mostrou alta de 1,1% nas vendas, resultado que se deveu ao aumento de 2,9% em veículos e motos, partes e peças.

Related Articles