PT marca reunião para reafirmar candidatura de Lula

PT marca reunião para reafirmar candidatura de Lula

Com Lula detido na carceragem da Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba, as reuniões da cúpula do PT têm ocorrido na cidade.

Com prisão de um dos políticos mais populares do Brasil, o país enfrenta vários perigos. "Enquanto o presidente Lula estiver na (Superintendência da) Polícia Federal, nós ficaremos aqui", afirmou.

Lula deixou o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), às 18h40 deste sábado (7.abr.2018). Apesar de já estar a cumprir os 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o caso ainda decorre na justiça e Lula ainda tem várias possibilidades de recurso. PDT e PSB têm se negado, porém, a endossar que "eleição sem Lula é fraude".

Relator das duas ações que contestam a prisão após condenação em segundo grau no STF, o ministro Marco Aurélio Mello afirmou que é um "dever" levar ao plenário na próxima quarta-feira o pedido de liminar do autor de uma das ações (PEN/Patriota).

Para Marco Aurélio, relator de duas ações que discutem o assunto, houve uma mudança no cenário, o que justifica a apreciação do assunto pelo colegiado do STF.

O defensor disse acreditar em uma revogação da prisão do petista.

Empresário ficou ferido após ser empurrado | Rogério Gomes  Brazil
Empresário ficou ferido após ser empurrado | Rogério Gomes Brazil

"Vamos reverter essa decisão, porque ela não é compatível com a nossa legislação".

Às 17h30, deputados, senadores e militantes petistas realizaram 1 ato pela liberação do presidente.

Gleisi também citou expectativa com recursos em cortes internacionais, como a Comissão de Direitos Humanos da ONU. Ele disse que "sob qualquer circunstância" a candidatura será registrada.

O presidente do PT no Paraná, Dr. Rosinha, disse que advogados do partido estão sendo consultados para tentar responsabilizar a pessoa que chamou Lula de "lixo", no sistema de rádio do controle de tráfego aéreo, durante o voo que transportou o ex-presidente de São Paulo para Curitiba.

Segundo o PT, na primeira noite em Curitiba, Lula "dormiu tranquilamente e não foi maltratado pelos agentes". "Sua força vem do carinho do povo e ela alimenta de volta esse sentimento", disse o boletim divulgado neste domingo.

Caberá a direção nacional do PT fazer as articulações com outros partidos, que serão conduzidas pela presidenta Gleisi Hoffmann, designada por Lula como sua porta-voz política até que ele recupere a liberdade.

More news: Início de manhã é tranquilo na Superintendência da PF em Curitiba

Related Articles