Polícia prende terrorista suspeito de planear ataque em Berlim

Polícia prende terrorista suspeito de planear ataque em Berlim

O diário alemão "Die Welt" informou este domingo que a polícia impediu um ataque terrorista contra participantes e espectadores da meia-maratona de Berlim. Nenhum atleta ou visitante terminou em perigo, disse um porta-voz.

Segundo o relato dos investigadores, nos dias prévios à meia maratona houve "indícios isolados" que apontavam que os seis detidos, de entre 18 e 21 anos, poderiam estar envolvidos na preparação de um ataque durante a corrida, para a qual tinham sido registrados 36 mil atletas.

De acordo também com o "Die Welt", o principal suspeito conhecia Anis Amri, o tunisino que atropelou mortalmente 12 pessoas e feriu dezenas ao volante de um camião num mercado de Natal em Berlim, em dezembro de 2016. "Havia vagas indicações disso, mas, devido ao alto nível de ameaça, começamos imediatamente as buscas e detenções", disse ele. O jornal alemão disse ainda que em uma das buscas da polícia em apartamentos da cidade, cachorros treinados para achar explosivos latiram quando foram levados ao porão. Segundo ele, as investigações estavam centradas em pessoas com associação a militantes islâmicos.

More news: MST diz já ter bloqueado 50 rodovias

Um dos suspeitos, segundo o tabloide "Bild", já estava na mira das forças de segurança havia tempos.

Um deles matou a tiros um policial na Bavária em outubro de 2016, quando uma equipe de policiais estava prestes a entrar em sua casa para apreender suas armas de caça e esportivas.

Related Articles