Homossexualidade Jay Z chorou de felicidade quando a mãe saiu do armário

Homossexualidade Jay Z chorou de felicidade quando a mãe saiu do armário

"Imagina viveres a tua vida como outra pessoa!", atira o rapper, acrescentando ainda que se comoveu com a confissão da mãe sabendo que esta escondeu quem verdadeiramente era para "proteger os filhos" e não os "envergonhar".

"Eu fiquei tão feliz por ela porque ela estava livre", destacou o rapper a Letterman.

A faixa "Smile" nos contou sobre isso quando Jay rimou: "Mamãe tinha quatro filhos, mas ela é lésbica / Teve que fingir por tanto tempo que ela é uma atriz / Teve que se esconder no armário, então ela medicou /A vergonha da sociedade e a dor eram demais para aguentar".

A entrevista de Jay-Z a David Letterman é o mais recente episódio da série My Guest Needs No Introduction e chega à Netflix esta sexta-feira, 6 de Abril.

More news: Líder do PT critica manifesto de magistrados por prisão em 2ª instância

O rapper e empresário disse ainda que sabia que a mãe era gay, mas eles discutiram o assunto pela primeira vez há apenas oito meses. Viver nas sombras parece um sítio seguro para se estar: nenhum mal para eles, nenhum mal para mim.

"Imagine ter vivido sua vida por outra pessoa". Mas a vida é curta, e é tempo de ser livre. Ela ter sentado na minha frente e me contado que achava que amava alguém.

Mathew Knowles, pai de Beyoncé e Solange, falou sobre o momento em que a filha mais nova agrediu Jay-Z, marido de Beyoncé, no elevador de um hotel em 2014. No programa, o apresentador já teve também como convidados o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, o actor George Clooney e a activista Malala Yousafzai.

Related Articles