Aneel autoriza Light a aumentar conta de luz em 10,36%

Aneel autoriza Light a aumentar conta de luz em 10,36%

O aumento para os consumidores residenciais será de 9,09%.

No final do ano passado, outros reajustes elevados, como uma alta de 37% nas tarifas da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) e de 17% na Eletrobras Distribuição Amazonas, já haviam levado empresas e políticos da região Norte a se queixarem junto ao órgão regulador.

Com a decisão, os reajustes terão uma variação de 3,4% a 21,15%.

More news: Doria minimiza polêmica de saída do cargo para disputar eleição

A segunda maior alta ficou com os consumidores da área de concessão da antiga CPFL Sul Paulista, de 7,50% em média. Segundo o diretor Tiago Correia, a subsidiária responde por 44% da receita das empresas agrupadas. O reajuste será diferenciado para os consumidores: os residenciais verão um aumento de 21,46%; já os industriais terão suas contas reajustadas em 19,94%. A alta começa a valer a partir da próxima quinta-feira. A alta da CPFL Santa Cruz será de 5,3% e, finalizando, na CPFL Mococa o aumento será de 3,4%.

A revisão tarifária da Cosern para os próximos quatro anos será discutida em sessão promovida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta quarta-feira, 14.

Related Articles