Advogado de Trump pagou a actriz pornográfica

Advogado de Trump pagou a actriz pornográfica

Contudo, Michael D. Cohen não explicou a razão pela qual fez aquele pagamento.

Numa declaração enviada ao The New York Times, Michael D. Cohen referiu que o pagamento foi feito por ele próprio e rejeitou qualquer envolvimento de Donald Trump e da sua empresa com aquela transação. O pagamento foi feito de modo legal, afirmou o advogado.

"O pagamento à senhora Clifford foi legal e não foi uma contribuição de campanha nem uma despesa de campanha de ninguém", disse o advogado, que afirmou ter dado explicações à Comissão Eleitoral Federal após uma denúncia de suposto desvio de fundos de campanha. A mulher do presidente, Melania, havia dado à luz a seu filho menos de quatro meses antes.

Stephanie Clifford tem recusado falar sobre o alegado caso com Donald Trump desde que o Wall Street Journal escreveu sobre o pagamento de 130 mil dólares.

More news: Mais uma vítima de febre amarela morre no Rio de Janeiro

Informações da imprensa local apontam que o pagamento foi feito um mês antes da eleição de novembro de 2016 para manter o relacionamento em sigilo. De acordo com o "Wall Street Journal", ela confessou que teve relações sexuais com Donald Trump em julho de 2006, à margem de um torneio de golfe disputado perto de lago Tahoe, uma área turística entre a Califórnia e Nevada.

A veracidade do documento foi contestada depois de Stormy Daniels, em entrevista ao programa "Jimmy Kimmel Live!", negar que a assinatura no comunicado apresentado fosse dela.

Em uma sociedade considerada puritana como a americana, o adultério é malvisto. Ele nega as acusações de forma categórica.

Muitos consideraram que o vídeo seria fatal para sua candidatura - além das denúncias de várias mulheres por assédio, ou por agressão sexual -, mas Trump foi eleito o 45° presidente da história dos Estados Unidos. Mas Donald Trump já demonstrou que, para ele, as regras clássicas da política não são, obrigatoriamente, aplicadas.

Related Articles