Atletas norte-coreanos chegam para os Jogos de Inverno

Atletas norte-coreanos chegam para os Jogos de Inverno

A Coreia do Norte defendeu no sábado (3) seus planos de realizar um desfile militar no dia anterior à aberturados Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang, no dia 9 de fevereiro.

O Tribunal Arbitral do Desporto levantou a suspensão imposta aos atletas russos por suspeitas de doping cometido durante os Jogos Olímpicos de 2014 em Sóchi, está a noticiar a CNN.

Os 22 esportistas norte-coreanos participarão dos Jogos graças a um convite especial do Comitê Olímpico Internacional (COI), já que dois deles - um casal de patinadores artísticos - tinham conseguido classificação e a Coreia do Norte sequer os inscreveu a tempo para que competissem nos Jogos de Inverno.

Este aeroporto fica junto à cidade de Gangneung, uma das sedes dos Jogos e em cuja Vila Olímpica se hospedará os atletas norte-coreanos.

More news: Mulher de Júlio César em lágrimas: "Os homens são egoístas"

Na ligação, Trump desejou a Moon e ao povo coreano que o evento seja um sucesso, mas expressou preocupação com a Coreia do Norte.

Os EUA e a Coreia do Sul concordaram em adiar suas manobras militares conjuntas anuais até depois da realização dos Jogos de Inverno de Pyeongchang; que começam na semana que vem em solo sul-coreano.

O ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, enviou uma carta ao secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, reclamando que os EUA estão tentando agravar a situação na península da Coreia, declarou a embaixada da Coreia do Norte em Moscou. Ele caiu nos trilhos após desmaiar por desnutrição.

Hwangbo Young, uma jogadora de hóquei sobre o gelo que fugiu para a Coreia do Sul em 1997, disse que a primeira vez que jogou no país vizinho "parecia uma brincadeira". A única exceção a essa receptividade será a Coreia do Norte, que contou com o auxílio de civis voluntários.

Related Articles