Em guerra com Trump, Steve Bannon abandona a Breitbart

Em guerra com Trump, Steve Bannon abandona a Breitbart

Steve Bannon, ex-estrategista-chefe de Donald Trump, deixou hoje o cargo de presidente- executivo do Breitbart News, que ocupava desde 2012.

A demissão de Bannon foi anunciada num artigo publicado no "site", apanhando de surpresa até os que lá trabalham.

Uma reportagem do Breitbart reproduziu uma declaração de seu fundador, dizendo estar orgulhoso de que a equipe do site tenha conseguido em pouco tempo transformá-lo no que chama de "uma plataforma de nível mundial".

More news: INE revê em baixa taxa de desemprego de outubro para 8,4%

Para escrever o livro, Wolff entrevistou funcionários da Casa Branca com cargos importantes, onde obteve informações de que o objetivo do presidente não era vencer a eleição, mas potencializar sua marca.

No passado domingo, o ex-conselheiro do Presidente dos EUA emitiu um pedido de desculpas na sequência das críticas feitas ao seu filho mais velho, Donald Trump Jr, citadas no polémico livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House". Um encontro que o estratega terá considerado "não patriótico" e até "traidor", como surge estampado nas páginas do livro "Fire and Fury" ("Fogo e fúria"), recentemente publicado.

Related Articles