Brasil iniciará campanha de vacinação de febre amarela em três estados

Brasil iniciará campanha de vacinação de febre amarela em três estados

"Um frasco com 5 doses da vacina de febre amarela, por exemplo, pode vacinar 25 pessoas e um frasco com 10 doses pode vacinar 50 pessoas". Para isso, a ideia é utilizar doses fracionadas da vacina, feitas com 1/5 da dose padrão.

Além de Taubaté, a campanha, que será realizada entre os dias 3 e 24 de fevereiro, será destinada às seguintes cidades da região: Aparecida, Arapeí, Areias, Bananal, Caçapava, Cachoeira Paulista, Canas, Caraguatatuba, Cruzeiro, Cunha, Guaratinguetá, Igaratá, Ilhabela, Jacareí, Jambeiro, Lagoinha, Lavrinhas, Lorena, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Paraibuna, Pindamonhangaba, Piquete, Potim, Queluz, Redenção da Serra, Roseira, Santa Branca, São Bento do Sapucaí, São José do Barreiro, São José dos Campos, São Luiz do Paraitinga, São Sebastião, Silveiras, Tremembé e Ubatuba.

A campanha, que terá duração de 15 dias, tem como meta vacinar 19,7 milhões de pessoas de 76 municípios dos três estados, sendo 15 milhões com a dose fracionada e outras 4,7 milhões com a dose padrão. Segundo o Ministério da Saúde, uma mesma dose poderia servir para até cinco pessoas - mas o governo irá trabalhar com uma "margem de segurança".

Nessa primeira etapa, a campanha com as doses fracionadas será feita em cidades próximas da região do Litoral Norte.

Barros destacou que a dose padrão da vacina contra a febre amarela protege uma pessoa por toda a vida, enquanto a dose fracionada protege por pelo menos oito anos.

Brasil iniciará campanha de vacinação de febre amarela em três estados
Brasil iniciará campanha de vacinação de febre amarela em três estados

A vacina é contraindicada para pacientes em tratamento de câncer, pessoas com imunossupressão e pessoas com reação alérgica grave à proteína do ovo. Também visa assegurar a manutenção dos estoques de vacina no país. A vacinação contra febre amarela impede a doação de sangue por um período de quatro semanas.

O ministério informa ainda que 92 casos de febre amarela estão em investigação e 278 foram descartados. Desse total, três ocorreram na região metropolitana.

Segundo boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado divulgado no dia 2 de janeiro, entre o período de janeiro de 2017 até a segunda quinzena de dezembro foram registrados 151 casos suspeitos de febre amarela, sendo confirmados 53 casos (35,1%).

A febre amarela é transmitida por meio de vetor (mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes no ambiente silvestre).

More news: Is Your Antivirus Blocking Microsoft's Chip Patch?

Related Articles