Calendário de saques do PIS/Pasep será divulgado na segunda-feira

Calendário de saques do PIS/Pasep será divulgado na segunda-feira

No dia 22 de janeiro, idosos com idade a partir de 60 anos com conta corrente ou poupança individual na Caixa e no Banco do Brasil terão o dinheiro depositado por meio de crédito automático.

O Ministério do Planejamento afirma que a nova medida provisória injetará até R$ 7,8 bilhões na economia do país em 2018 e beneficiará cerca de 4,5 milhões de pessoas.

Pessoas na condição de herdeiros poderão comparecer a qualquer agência das instituições financeiras portando o documento oficial de identificação e o documento que comprove sua condição de herdeiro para sacar. A Caixa, responsável pelo PIS, e o Banco do Brasil, administrador do Pasep, fazem esse pagamento de acordo com um calendário anual.

Em 26 de dezembro, o presidente Michel Temer assinou a Medida Provisória (MP) que reduz para 60 anos a idade mínima para o saque das cotas do PIS/Pasep. Os beneficiários também podem tirar dúvidas nos terminais de Autoatendimento, com a ajuda do Cartão Cidadão, ou pelo internet banking para correntistas da Caixa, na opção "Serviços ao Cidadão", além do telefone 0800 726 0207 no Serviço de Atendimento ao Cliente.

More news: Instagram testa recurso para publicar suas stories também no WhatsApp

O Ministério do Planejamento informou que o governo está cruzando dados dos bancos e do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), para disponibilizar os recursos para esse público nos próximos meses.

A Constituição de 1988, após sua promulgação, passou a ter as contribuições do PIS/Pasep de empresas destinadas ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), a fim de financiar o seguro-desemprego e o abono salarial, além da participação do BNDS, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. O valor sobe para R$ 21,4 bilhões este ano, considerando os 10,9 milhões de cotistas que têm direito ao saque, mas não fizeram a retirada. Em agosto, o governo tinha editado outra MP liberando o saque para homens a partir de 65 anos e para mulheres a partir de 62 anos. Até o fim de 2017, R$ 2,2 bilhões foram retirados de 1,6 milhão de contas. Até o ano passado, somente pessoas com 70 anos ou mais ou trabalhadores com problemas de invalidez, doenças definidas em norma ou herdeiros de cotistas falecidos podiam fazer os saques os recursos. As medidas provisórias flexibilizaram as restrições.

Para mais informações sobre o PIS, confira o site da Caixa.

Related Articles