Atentado faz pelo menos 20 mortos e feridos em Cabul

Atentado faz pelo menos 20 mortos e feridos em Cabul

Ao menos 11 pessoas morreram e 25 ficaram feridas nesta quinta-feira (4) em Cabul quando um suicida detonou os explosivos que levava consigo perto de uma manifestação, informaram autoridades, no mais recente episódio violento registrado na capital afegã.

Segundo o porta-voz do ministério da Saúde, pelo facto de a explosão se ter dado num local com grande concentração de pessoas, o número de vítimas poderá aumentar, até porque a contagem é complicada por terem sido transportadas para vários hospitais da capital afegã.

O ataque já foi reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico, através de uma mensagem publicada no site de propaganda jihadista Amaq.

"As ambulâncias continuam a trabalhar", referiu.

Pelo menos cinco policiais morreram e outros 11 ficaram feridos, detalhou à Efe o porta-voz da polícia em Cabul, Basir Mujahid.

More news: Corea del Norte acepta la propuesta de conversaciones de Corea del Sur

Detonou seu colete muito perto da polícia, que tentava frear a passagem de manifestantes, disse Mujahid à AFP.

Em imagens da emissora de notícias afegã Tolo News viam-se homens, aparentemente comerciantes, negando que fizessem contrabando com bebidas alcoólicas.

O novo atentado suicida surgiu uma semana após um outro perpetrado no centro cultural xiita de Cabul, que causou 41 mortos e 84 feridos, também reivindicado pelo Daesh, que tem multiplicado ataques terroristas no Afeganistão desde 2015.

O atentado ainda não foi reivindicado por qualquer grupo rebelde.

Related Articles