António Salvador: "Hoje, fez-se história no futebol português"

António Salvador:

Sporting pondera impugnar AG - "Não me admira nada".

O dirigente portista partilhou, à saída da sede da instituição, que o movimento de clubes G15 - que engloba os emblemas da I Liga à exceção dos três 'grandes' - recusou a admissão de propostas apresentadas pelo seu clube e pelo Sporting.

O presidente dos 'leões' acusou o movimento G15, que engloba a maioria dos clubes do escalão principal, mas não Benfica, FC Porto e Sporting, de pretender "substituir-se à Liga e fazer propostas diretamente numa AG, mas numa total hipocrisia". O que achámos é que as propostas de FC Porto e Sporting foram fora do timing. Os clubes do G15 foram pressionados por outros.

Em reunião que decorreu em Vila Nova de Gaia com a presença de 10 clubes, entre os quais estavam o Leixões e o Académico de Viseu (II Liga), na condição de observadores, ficou decidido apresentar uma proposta que limita a seis o número de jogadores que um clube pode emprestar a outros do mesmo campeonato e impede que ceda mais do que um a cada clube. Nós não queremos que os clubes fiquem de fora. "Há muitas mais propostas para fazer e reestruturar o futebol português".

More news: Presidente da República já foi operado a hérnia umbilical e correu bem

"Os clubes estão unidos, tirando um dos clubes que se retirou e que era da direção da Liga".

Salvador elogiou a postura do Benfica. O Benfica teve uma postura corretíssima nesta AG, houve propostas do qual se absteve e outras em que votou a favor.

Diz que alguns clubes não querem diálogo "Não queremos excluir ninguém. Queremos que FC Porto e Sporting tenham a mesma postura do Benfica", rematou. Foi demonstrado, pela forma como determinados clubes se levantaram e abandonaram a Assembleia.

"Há poucos meses todos os clubes votaram por unanimado o orçamento da Liga, que pela primeira vez deu 2 milhões de lucro, e toda gente reconhece que o presidente Pedro Proença está a fazer um excelente trabalho", vincou. "O que queremos a partir de hoje é que as propostas sejam discutidas em conjunto e não individualmente por nenhum desses clubes", acrescentou. "O G15 tem uma reunião com o presidente do CA para discutir o funcionamento do VAR".

Related Articles