Canadá retalia Caracas e expulsa diplomata venezuelano

Canadá retalia Caracas e expulsa diplomata venezuelano

A ministra dos Negócios Estrangeiros canadiana, Chrystia Freeland, anunciou esta segunda-feira que será proibido o regresso do embaixador venezuelano ao país, bem como a expulsão do encarregado de negócios de Caracas, que passa a ser considerado persona non grata.

A Venezuela ordenou neste sábado (23/12) a expulsão do embaixador do Brasil, Ruy Carlos Pereira, ao declarar que ele é "persona non grata" no país. No caso do Canadá, esta decisão foi tomada devido à sua "permanente, insistente, grosseira e vulgar intromissão nos assuntos internos da Venezuela".

More news: Paula Brito e Costa suspensa da direção da Raríssimas por 30 dias

"Essa ação é típica do regime Maduro, que tem constantemente minado todos os esforços pela restauração da democracia e ajuda ao povo venezuelano".

Segundo informações da Reuters, a Venezuel já retirou seu embaixador do Canadá em protesto contra sanções do governo canadense ao governo Maduro, impostas em setembro. Com a declaração, o embaixador não poderá retornar à Venezuela.

Related Articles