Gilmar Mendes manda investigar áudio que o acusa de receber propina

Gilmar Mendes manda investigar áudio que o acusa de receber propina

Esta semana, uma das decisões de Gilmar Mendes que causou polêmica foi a determinação da soltura do ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, preso por suposta prática de crimes de corrupção, concussão, participação em organização criminosa e falsidade na prestação das contas eleitorais. "Segundo os comentários que ouvi hoje, comentários sérios de gente lá de dentro, é que a mala foi grande", afirma o autor da gravação. Na quarta-feira (20), Gilmar Mendes determinou a libertação de Garotinho e do presidente do PR, Antônio Carlos Rodrigos.

Em nota, a assessoria do ministro afirma que no áudio "são feitas graves acusações caluniosas à sua pessoa e às recentes decisões" e que "o ministro Gilmar reitera que suas decisões são pautadas pelo respeito às leis e à Constituição Federal". Gilmar Mendes pediu providências para a Corregedoria e para a Polícia Federal, que podem punir o juiz por essas supostas declarações.

More news: Exército destrói quase 300 armas de fogo apreendidas no Piauí

De acordo com o comunicado, o fato também foi informado ao corregedor do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Claudio de Mello Tavares. "Vocês não sabem da missa a metade do que eu estou passando aqui em Campos [dos Goytacazes, cidade do Rio]", disse. O juiz Glaucenir Silva de Oliveira não foi encontrado pra comentar o caso.

Related Articles