América-MG vence CRB e conquista título da Série B

América-MG vence CRB e conquista título da Série B

O restante do time será o mesmo que perdeu do Paraná, por 1 a 0, na rodada passada. O Colorado precisava vencer o seu jogo contra o Guarani e torcer por um tropeço do América contra os alagoanos.

INCIDENCIAS: Jogo válido pela 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, a ser disputado na Arena Independência, às 17h30 do dia 25 de novembro.

Com o resultado, o América terminou o Brasileiro da Série B no topo com 73 pontos, enquanto o CRB encerra com uma campanha tímida, mas o suficiente para escapar do rebaixamento, com 45.

Na volta do intervalo, com o objetivo de tentar melhorar a qualidade do passe e dar mais velocidade ao ataque, o técnico Enderson Moreira tirou o meia-atacante Felipe Amorim para a entrada do meia Renan Oliveira.

Empolgado, o América começou a partida propondo jogo, enquanto que o CRB apresentava uma postura recuada, saindo nos contra-ataques.

More news: PNAD 2016: celular quase encosta em TVs nos lares brasileiros

Na expectativa pelo seu primeiro título nacional, o meia Ruy, do América Mineiro, ressalta a importância do duelo diante do CRB.

Horas antes da partida, a torcida americana já comemorava o acesso e possível título nos arredores do Horto.

"Esse jogo é importante para nós, é um jogo que dá uma grande visibilidade para nós, e nós não vamos a Belo Horizonte de férias, porque, primeiro de tudo, somos profissionais, segundo, representamos uma entidade gigantesca que é o CRB". O técnico Mazola Júnior quer sua equipe competitiva em campo. O treinador não se garante na próxima temporada, mas afirma que já existem conversas para ele seguir em Belo Horizonte. "O jogo vai ser transmitido para o Brasil e o mundo inteiro e nós não vamos querer ser o bobo da festa", disse à Rádio Gazeta. A marca anterior pertencia ao clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro, da final do Mineiro deste ano, que contou com 22.411 espectadores.

CRB - Edson Kolln; Marcos Martins (Marion), Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Olívio, Rodrigo Souza (Tony), Yuri, Chico e Edson Ratinho; Zé Carlos (Neto Baiano). Ambos foram punidos com um gancho de nove jogos, mas recorreram e cumpriram seis.

Related Articles