Microsoft abandona de vez o Windows Phone

Microsoft abandona de vez o Windows Phone

Curiosamente, as evidências vieram de um vídeo já lançado pela Microsoft há algum tempo - mais exatamente, no meio de maio deste ano -, em que a empresa apresentou seu Story Remix para o Windows 10.

O executivo admitiu ainda que a empresa de Redmond não conseguiu convencer, nem mesmo com incentivos monetários, developers a criar e desenvolver apps para o seu sistema.

Foi um dos responsáveis pela divisão Windows, Joe Belfiore, que confirmou através da sua página pessoal no Twitter que não estão a ser desenvolvidas novas funcionalidades. Depois, durante as conferências Build and Inspire da empresa, o presidente executivo Satya Nadella deixou de lado o mantra "mobile-first, cloud-first" (primeiro o celular e a nuvem) para focar no que chamou de navegador e nuvem inteligente.

More news: Apuramento Mundial: Egito vence Congo e garante vaga

Ele mesmo falou que já não usa mais um smartphone com Windows. Em Julho, a Microsoft já tinha anunciado o fim do suporte para o Windows 8.1 para mobile, a versão anterior ao Windows 10. "Pagamos, escrevemos apps para eles.mas o volume de usuários é muito baixo para a maioria das empresas investir", afirmou Belfiore.

Como se não bastasse a falta de aplicações, a Microsoft foi 'matando' vários dispositivos desde a versão 7 do Windows Phone, prometendo atualizações para as versões posteriores do Windows com dispositivos muito limitados em termos de hardware.

Enquanto o que um fã do Windows Phone deve fazer? O próprio já mudou para um sistema Android. "Como usuário final individual, troquei de plataforma pela diversidade de aplicativos", disse Belfiore.

Related Articles