Argentina empata com Peru e se complica além disso mais

Argentina empata com Peru e se complica além disso mais

Com 17 partidas disputadas, apenas 16 gols marcados e 25 pontos conquistados, a Argentina chega à última rodada das Eliminatórias com uma campanha péssima e risco real de ficar de fora da Copa do Mundo pela primeira vez desde 1970.

Faltando apenas uma rodada, mesmo vencendo o Equador na próxima terça-feira (10), os argentinos garantem apenas a repescagem para disputar uma vaga na Rússia com a Nova Zelândia, representante da Oceania. Depois de perder tempo - e pontos - sob o comando de "Patón" Bauza, a Federação Argentina parece ter criado juízo e contratou o celebrado técnico Jorge Sampaoli - aquele que fez mágica comandando a Seleção do Chile, lembram?

O Paraguai, que venceu a Colômbia por 2 a 1 fora de casa, aparece em sétimo, com 24 pontos. "Vimos no vestiário e há um clima de entusiasmo quando notamos que se ganhamos em Quito, classificamos". Vamos seguir buscando como buscamos hoje, como buscamos contra a Venezuela, como foi contra o Uruguai e seguramente vamos encontrar.

More news: Mourinho reafirma: o Benfica é o mais forte

Quanto aos jogadores da Seleção, vale destacar que Tite confirmou nesta semana que o elenco para a Copa do Mundo não está fechado. Nesse momento a Argentina não joga um futebol que mereça colocá-la na Copa do Mundo. Para isso, a vitória sobre o Equador colocaria a Argentina na quinta posição, já que Peru e Colômbia vão se enfrentar e um mataria o outro em qualquer resultado.

A esperança na classificação também foi destacada pelo La Nación, que apontou os problemas do time de Sampaoli contra o Peru. Dos que ainda sonham, a probabilidade é a segunda maior, com a Colômbia tendo 51,1% - o Uruguai não entra na conta por já estar ao menos garantido na repescagem.

Related Articles