FIFA anula jogo entre África do Sul e Senegal por manipulação

FIFA anula jogo entre África do Sul e Senegal por manipulação

Três meses após o árbitro Joseph Lamptey ser banido do futebol por ter manipulado o resultado de África do Sul x Senegal, pelas eliminatórias africanas da Copa do Mundo de 2018, em 12 de novembro de 2016, a Fifa anunciou que o placar do jogo (vitória por 2 a 1 dos sul-africanos) foi anulado.

O jogo entre a África do Sul e o Senegal, de qualificação para o Mundial de futebol de 2018, vai ter de ser repetido, por causa da irradiação do árbitro que o dirigiu, o ganês Joseph Odartei Lamptey.

O jogo foi vencido pela África do Sul por 2 a 1, com um pênalti para lá de inexistente marcado por Lamptey no primeiro tempo, para os sul-africanos. Já a África do Sul, caso seja derrotada, fica apenas com um ponto uma vez que a única vitória tinha sido precisamente na partida que se irá repetir, depois de confirmada a decisão a 14 de setembro pelo comité de competições da FIFA. Mas tal repetição poderá ser mau para Cabo Verde, pois se o Senegal vencer passa a ter oito pontos, mais dois do que Cabo Verde, que está no segundo lugar.

Lamptey foi declarado culpado de infringir o artigo 6, parágrafo 1, do Código Disciplinar - influenciar nos resultados transgredindo a ética.

More news: Lula e Dilma são denunciados pela Lava Jato por organização criminosa

Neste momento, Cabo Verde e Burquina Faso partilham a liderança do grupo D da qualificação africana para o Mundial de 2018, com seis pontos cada um ao fim de quatro jogos.

"O Escritório de Eliminatórias da Copa do Mundo da Fifa ordenou que seja jogada novamente a partida entre África do Sul e Senegal, disputada em 12 de novembro de 2016".

A data do novo jogo ainda será definido pela Fifa.

Related Articles