Menino de 7 anos está 'desaparecido' após ataque em Barcelona

Menino de 7 anos está 'desaparecido' após ataque em Barcelona

Julian Cadman, a criança que foi dada como desaparecida após o atentado de Barcelona e que depois foi dada como viva, é afinal um dos mortos desta tragédia. A família fez vários apelos nas redes sociais para obter informações sobre o paradeiro da criança, que não aparecia em nenhuma lista de feridos.

O garoto, que possui dupla nacionalidade britânica e australiana, se separou da mãe, Jom Cadman, quando um dos terroristas usou um furgão para atropelar pedestres em um dos principais pontos turísticos da região.

Em comunicado, a família de Cadman disse que lembraria "dos sorrisos para guardar a sua memória nos nossos corações".

More news: Daniel Craig vai continuar como James Bond em 'Bond 25 — É oficial

Julian passava férias com a mãe, Jom Cadman, e estava em Barcelona para um casamento, segundo a mídia espanhola. Segundo o jornal "El Mundo", agentes da polícia autônoma da Catalunha localizaram o menino.

O pai da criança, segundo avançam alguns jornais internacionais, explicou que falou com o filho horas antes do atentado e que está a caminho de Barcelona para o procurar.

A lista de vítimas mortais do ataque em Barcelona inclui duas portuguesas, uma mulher de 74 anos, residente em Lisboa, e a sua neta, de 20. "Ele tinha tanta energia, era tão divertido e atrevido, sempre a pôr-nos um sorriso no rosto".

Related Articles