Ativado Plano Municipal de Emergência em Vila de Rei, fogo ameaça aldeias

Ativado Plano Municipal de Emergência em Vila de Rei, fogo ameaça aldeias

O fogo que lavra em Vila de Rei começou há três dias em Ferreira do Zêzere, no distrito de Santarém. O restante território continental está sob risco elevado ou muito elevado de incêndio.

"A situação está muito complicada em Dornes, Peralfaia e Rio Cimeiro", disse à agência Lusa o Comandante Operacional Municipal de Proteção Civil (COMPC) de Ferreira do Zêzere, tendo referido, cerca das 18.10 horas, que os "cerca de 20 a 30 habitantes" da aldeia de Rio Cimeiro "começaram a ser transferidos para o Centro Cultural" de Ferreira do Zêzere, por uma questão de precaução. O incêndio de Ferreira do Zêzere mantém duas estradas nacionais cortadas: a nacional 238, entre Besteiros e Vale Serrão, e a nacional 348 entre Chão da Serra e Lago Azul. Os aviões enviados por Espanha, ao abrigo do pedido de ajuda de Portugal, deverão ser canalizados para esta zona.

Os incêndios que concentravam maior número de meios eram os de Vila de Rei (Castelo Branco), na Zaboeira, com 396 operacionais, 123 veículos e 10 meios aéreos, e de Coimbra, nas Carvalhosas, com 351 operacionais, 103 viaturas e três aeronaves.

Três incêndios em curso e dois em resolução mobilizam 1.434 operacionais em ocorrências nos distritos de Leiria, Santarém e Coimbra, de acordo com a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC). Estavam 31 meios aéreos em ação.

More news: Alleged gifts from James Packer to Israeli PM's family under scrutiny

Segundo a mesma fonte, cortada à circulação está também a Estrada Nacional (EN) 251, que liga Cabaços (Tomar) a Ferreira do Zêzere, uma via que liga a EN 110 a Ferreira do Zêzere e que é paralela à A13.

Em Cantanhede, também no distrito de Coimbra, o fogo foi considerado dominado, mas ainda estão 300 homens no terreno.

Mais a norte, os casos mais graves estão na Mealhada, distrito de Aveiro, onde estavam 213 homens a lutar contra um incêndio em floresta, e em Castelo Branco onde 178 homens que combatem as chamas em mato no Louriçal do Campo.

Foi ontem ativado o plano municipal de emergência de Vila de Rei.

Related Articles